Os Mapas Conceituais podem ser utilizados para compreender a estrutura de conhecimento dos alunos?

ronise

Esse seminário abordará um artigo focado na correlação das estruturas do Mapa Conceitual e nos testes convencionais de perguntas curtas para avaliar o sucesso da aprendizagem dos alunos levando em conta a complexidade do assunto. Assim, os Mapas Conceituais juntamente com testes convencionais de múltipla escolha podem oferecer uma compreensão melhor da estrutura de conhecimento de um estudante bem como auxiliar no seu processo de aprendizagem.

Apresentadora
Ronise Correa| Doutorado em Educação

Leitura preparatória

Conradty, C. & Bogner, F. X. (2012). Knowledge presented in Concept Maps: Correlations with conventional cognitive knowledge tests. Educational Studies, 38(3), 341-354.

Local
Escola de Artes, Ciências e Humanidades | USP Leste
Prédio I-1 | 1o Andar | Sala 101

Dia e horário
27.nov.15 | 13:30-16:00

Agenda de apresentações
Clique aqui e veja a programação do VII Ciclo de Seminários

6 Comments

  1. Os autores esperavam observar uma correlação entre os mapas conceituais elaborados pelos alunos e o acerto em questões de múltipla escolha. Uma explicação para esse fato pode ser o curto tempo de treinamento na técnica, o que aumentou a quantidade de “erros técnicos” nos mapas conceituais dos alunos.
    A correlação deve melhorar se os alunos utilizarem os mapas conceituais por mais tempo. É possível imaginar que, ao longo de uma disciplina, os alunos tenham melhores condições de compreender a técnica de mapeamento conceitual. Nessa condição, eles tem mais chances de se beneficiar do uso dos mapas conceituais. O curto período de exposição à técnica de mapeamento conceitual, restritos a um tema (ou uma aula), é um fator limitante pouco discutido pelos pesquisadores.

  2. Quais explicações você daria para o fato de ter sido encontrada uma correlação fraca e pouco significativa entre a complexidade dos MC’s e o teste K3 (retenção), enquanto que, para o tema b (mais complexo), foi encontrada uma correlação altamente significativa?

  3. No seu ponto de vista, o que justificaria os autores terem mencionado aspectos da teoria da carga cognitiva na introdução se eles não voltariam a utilizar tais conceitos para discutir os resultados de pesquisa?

  4. O fato dos mapas conceituais terem sido desenvolvidos em duplas podem ter interferido em algumas das conclusões obtidas?

  5. Os autores mencionam que usar os MC`s como técnica para avaliar o conhecimento adquirido é algo que pode não ser apropriado. Você concorda com isso?

  6. Os mapas conceituais (MCs) construídos pelos alunos sem a remoção dos erros na técnica (CAC) mostraram uma maior correlação com os testes convencionais em relação aos mapas cujos erros de técnica foram removidos (CA).
    Você acredita que se o treinamento na construção dos MCs tivesse sido mais eficiente esses resultados seriam diferentes?

Comments are closed.